sábado, 13 de junho de 2009


Por Mariana Tatos

A bola caiu ,
o macaco fez suas rimas,
o poeta cantarolou a donzela,
o mocinho fez seus curativos,
o navio negreiro partiu pela manhã
a alma ficou aberta, começou a sair
dissipando pela janela da vizinha ao lado,
o Jogo se fez,
a picoca estorou na panela,
a macarronada ficou pronta,
o minguám também
e do suco ninguém fez,
o silêncio se transpareceu
no emaranhado de fios
de sede os lenhadores
permaneceu

Um comentário: